Como está a situação em Tabela Superliga Argentina muda de ano para ano

O campeonato argentino sempre se destaca com um futebol espetacular e com destaques. Além disso, a cada ano a situação na tabela Superliga Argentina é tão imprevisível que quase até o final da temporada é impossível determinar quem será o campeão nacional. É verdadeiramente fascinante e viciante. Portanto, os fãs de futebol esperam ano após ano pelo início da nova temporada e em que formato os clubes se aproximarão de todo o trecho. O campeonato local consiste em 23 rodadas com 24 times jogando uns contra os outros.

 

O clube que cometer menos erros e ganhar mais será capaz de levantar o troféu do vencedor sobre suas cabeças. Isto é muito realista, mas como a prática já mostra, há equipes que alcançam este objetivo com mais freqüência do que outras. A história do confronto entre os melhores times do país remonta a 1931, quando os primeiros clubes profissionais se reuniram em campo para iniciar, de fato, o primeiro campeonato de futebol argentino. A classificação era então muito diferente.

As melhores equipes do campeonato argentino

Esta região simplesmente não pode viver sem o futebol. É uma certa ideologia que tem sido cultivada de geração em geração. Portanto, a cultura dos clubes e a filosofia interna é de particular importância. Os “Quatro Grandes” são os principais times de futebol da Argentina. Eles são os mais famosos e populares. Além disso, acontece que eles estão em Buenos Aires. Considerando que existem 24 times profissionais de futebol somente na capital, dizer que os argentinos amam seu futebol seria um eufemismo.

River Plate

O “River Plate” é o time de maior sucesso no futebol nacional argentino, com 36 títulos, além de quatro Copas Libertadores e uma série de outros troféus. Eles foram rebaixados para as ligas inferiores pela primeira vez em sua história em junho de 2011 (o que não correu bem), mas voltaram imediatamente para a primeira divisão em 2012. Seus principais rivais, como você provavelmente sabe, são o “Boca Juniors”. Quando estas duas equipes se encontram em campo, os torcedores são imparáveis. Além disso, sua luta continua não apenas no campo de futebol, mas também na classificação, ano após ano.

Boca Juniors

O “Boca” é o segundo clube de maior sucesso na história da liga argentina, mas possui mais troféus internacionais do que qualquer outro clube na Argentina. Por isso, o time tem mais copas do que quase qualquer outro clube do mundo. Hoje em dia, uma viagem a La Bombonera para ver o Boca jogar em casa não é tão incessantemente constante, mas é um dos destaques da experiência de viagem a Buenos Aires.

Racing Club

Com dezessete títulos de campeão, o Racing Club está em pé de igualdade com seus vizinhos mais próximos (e rivais inconciliáveis) e ocupa o terceiro lugar no ranking dos vencedores perenes da liga argentina. Eles ganharam uma Copa Libertadores e no mesmo ano, 1967, tornaram-se a primeira equipe argentina – em nível de clube ou nacional – a ser campeã mundial ao vencer o “Celtic” da Escócia na Copa Intercontinental.

Independiente

Um dos melhores e melhores clubes da Argentina. É conhecido por seus confrontos com outros líderes do campeonato. O Independiente tem agora um dos estádios mais modernos da América do Sul. Entre os ex-jogadores estão Arsenio Errico, o atacante paraguaio que se juntou ao “Independiente” em 1934 e é o artilheiro da principal liga da história da Argentina, Ricardo Henrique Bocini, membro da equipe argentina que ganhou a Copa do Mundo com Diego Maradona como capitão. Globalmente, o clube é digno de estar entre os grandes.

Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

quatro + quinze =